dell Alienware 51m

Alienware Área 51M

Tive a oportunidade de testar um DELL Alienware Área 51M e estou muito bem impressionado com a máquina.

O portátil tem um design pesado e é grande quando comparado com outros. Devido ao tamanho não apresenta os mesmos problemas de sobreaquecimento e manteve sempre as mesmas performances em todos os jogos e aplicações que utilizei.

O portatil parece robusto e tem respondido bem a todas as necessidades que eu lhe impus.

O modelo testado é o Alienware Area 51m com:

  • 2TB de disco em Raid 0
  • Nvidia 2080
  • 64Gb de RAM.
  • Monitor de 17″ 144Hz 1080p

Porque tanta RAM e disco?

Porque alem de jogar um pouco também utilizo o portátil como meu laboratório para o trabalho do dia a dia na área de segurança de informação.

Tentei utilizar a porta Thunderbolt 3 para ligar os meus dois monitores Apple Thunderbolt de 27″ mas não consegui.

Não sei se por haver algum problema com o adaptador Thunderbolt 3 para Thunderbolt 2 ou se por algum motivo os monitores não são compatíveis com o hardware.

Isto foi um ponto negativo porque eu não queria perder aqueles monitores e o seu investimento.

Nos testes com o Lenovo P52 tudo funcionou sem qualquer problema tendo conseguido trabalhar com 3 monitores externos e o monitor do portátil.

A necessidade de ter dois transformadores também não é positiva mas compreensível.

Não é necessário ter os dois transformadores ligados para um normal funcionamento do portátil mas é sem duvida um pouco incomodo.

O portátil funciona bem só com o transformador de menor potência permitindo um alivio no peso caso ele seja utilizado como um portátil.

Sem os dois transformadores falta potência à placa gráfica para brilhar.

O peso é um defeito mas não crucial. Para quem estava habituado a um Mac Book Pro as principais diferenças são o peso e longevidade da bateria. Defeitos esses que são facilmente compensados pela versatilidade do portátil e performance. Devido ao facto de ser mais grosso e ter maior capacidade de circulação de ar o portátil para trabalho normal até se torna mais silencioso que o meu Mac Book Pro pois ele tem a maior parte do tempo a ventilação desligada apenas ligando as ventoinhas de tempo a tempo parecendo um suspiro.

O que mais gosto no portátil:

  • Versatilidade
  • Teclado
  • Ecrã a 140 Hz
  • Potência
  • Silencioso quando trabalhamos sem puxar pela placa gráfica.

O que menos Gosto no Portátil

  • Ter dois transformadores para fornecer a potência necessária à placa gráfica.
  • Fraca prestação da bateria mesmo desligando tudo e trabalhando só com a placa interna do processador.
  • Não conseguir por a funcionar o portátil com os monitores Thunderbolt da apple.
  • Ruidoso quando se joga jogos que puxam pelas suas capacidades.
  • Não tem possibilidade de escolher teclado em Português.

De todos os portáteis que já trabalhei e testei este está no topo juntamente com o Mac Book Pro. Cada um com as suas especialidades mas ambos no top.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: